Zanini

Por Zanini em
24 de maio de 17

Aplicativo: o que é, como funciona e para que serve?

Aplicativo: o que é, como funciona e para que serve?

Aplicativo: com certeza você já ouviu essa palavra. Após o surgimento dos smartphones, os apps se tornaram verdadeiros fenômenos. Inúmeras empresas nasceram e cresceram rapidamente devido à popularização deles. Mas você sabe o que é aplicativo? Entende como funciona e contribui para a sua empresa?

Explicaremos como a criação de um aplicativo próprio pode ajudar você a ter mais resultados. Apesar de ser um recurso relativamente novo, o app está se tornando peça importante para os negócios. Confira!

 

 

O que é aplicativo e como ele surgiu?

Sabe aqueles ícones nas telas dos celulares e tablets? Pois bem, eles são aplicativos.

A palavra “app” pode confundir muita gente e fazer parecer que há alguma diferença, mas eles são exatamente a mesma coisa. O aplicativo é uma tradução, da língua inglesa, da palavra application, cuja abreviação é app.

Desde antes da chegada dos aparelhos móveis, estamos acostumados com diversos ícones instalados em nossos computadores e notebooks. Porém, com o surgimento dos mobiles, os softwares ganharam novos contornos.

Devido à mobilidade dos smartphones, surgiram novas possibilidades. O Waze é um bom exemplo. O GPS existe há muito tempo, mas aliar a interatividade que a internet proporciona com esse sistema de posicionamento global, só foi possível por causa das características dos dispositivos móveis.

Portanto, o aplicativo pode ser definido como um software (ou programa) para aparelhos móveis, como smartphones e tablets.

Como funcionam os aplicativos móveis?

Os aplicativos móveis não são coisas de outro mundo para os programadores. Esses profissionais — que já estavam acostumados a desenvolver programas para diversas empresas — apenas precisaram programar para outros dispositivos.

Esse é o caso dos navegadores, como o Google Chrome. Tanto nos computadores quanto nos celulares, esse aplicativo tem a mesma finalidade. Porém, ele teve que se adaptar aos aparelhos móveis.

Geralmente, as empresas criam protótipos de aplicativos e fazem diversos testes. Dependendo de sua área de atuação, eles podem contar com diferentes funcionalidades. Por isso é necessário um bom planejamento.

Para baixar os aplicativos, o procedimento é o mesmo de sempre. Você precisa ter memória disponível em seu dispositivo e fazer o download. A diferença é que ficou mais fácil esse procedimento no mobile. Com aplicativos próprios para esse fim — como o Play Store e Apple Store — as pesquisas se tornaram mais rápidas e seguras.

Após concluir o download e fazer a instalação, é só clicar para executar o programa.

Como um aplicativo contribui com as empresas?

Quando as empresas perceberam todo o potencial de um aplicativo, começaram a desenvolver seus próprios apps. Os bancos, por exemplo, promoveram benefícios aos clientes nunca antes vistos. Por meio de seus aplicativos é possível:

  • pagar contas;
  • consultar o saldo e extrato;
  • fazer transferências, entre outras facilidades.

O que os desktops e notebooks proporcionaram para facilitar nossas vidas, os dispositivos móveis elevaram à enésima potência.

Pensar na experiência do usuário é primordial para o sucesso da empresa. Coloque-se no lugar do cliente e pense: o que a empresa pode fazer por mim? Levar comodidade ao cliente é estar um passo à frente da concorrência.

Outro exemplo que podemos citar são os e-commerces. Com uma plataforma simples e intuitiva, muitas lojas conseguiram aumentar suas vendas depois de lançar um aplicativo.

O cliente entra no app, escolhe uma categoria e começa a olhar os produtos/serviços, apenas deslizando seu dedo pela tela. Ao se deparar com algo de seu interesse, ele clica e escolhe a forma de pagamento. Simples, não?

Sem contar que uma empresa com grande presença nas plataformas digitais passa mais credibilidade. Imagine que o usuário digite o nome da sua empresa e não encontre nenhuma informação? Se o seu concorrente estiver aparecendo, pontos para ele.

Portanto, um aplicativo pode trazer muitos benefícios para as empresas, entre eles:

  • passar mais credibilidade;
  • melhorar a experiência do usuário;
  • permitir que mais pessoas as encontrem;
  • criar um canal de comunicação;
  • possibilitar avaliações e feedbacks dos clientes.

Saber o que é aplicativo e conhecer suas possibilidades permite aos empreendedores entregarem a melhor experiência aos clientes. Uma empresa que almeja chegar ao topo não deve desconsiderar essa opção jamais. As ferramentas tecnológicas estão aí; basta sabermos como utilizá-las.

Quer mais razões para criar um app? Conheça os (x) motivos para investir na criação de um aplicativo.